VOLTAR

Ricardo Barros é eleito vice-presidente da CPMI das Fake News

Dep Ricardo Barros (PP) foi eleito, nesta quarta-feira (23), vice-presidente da CPMI das Fake News.

Ricardo Barros - Ricardo Barros é eleito  vice-presidente da CPMI das Fake News

O deputado federal Ricardo Barros (PP) foi eleito, nesta quarta-feira (23), vice-presidente da CPMI das Fake News. Formada por 15 senadores e 15 deputados, a comissão investiga a disseminação de notícias falsas, a criação de perfis falsos e ataques cibernéticos nas diversas redes sociais.

“Queremos identificar e combater os focos de produção de notícias falsas. Vamos trabalhar com afinco para que a desinformação não prospere na sociedade brasileira”, afirma Ricardo Barros.

Além de investigar os impactos das fakenews na sociedade, a CPMI também debaterá o cyberbullying, aliciamento e orientação de crianças para o cometimento de crimes de ódio e suicídio; consequências econômicas da produção e disseminação das notícias falsas que atentam contra a democracia no mundo; e esquemas de financiamento, produção e disseminação de fake news com o intuito de lesar o processo eleitoral, entre outras. 

A presidência da CPMI é do senador Ângelo Coronel (PSD-BA) e a relatoria da deputada Lídice da Mata (PSB-BA).